1, 2, 3 Gravando!

09/04/2006

Na área de gravação de aúdio e vídeo no Ubuntu, uma das melhores ferramentas de código aberto é o ffmpeg [0]. O ffmpeg é um software de conversão de arquivos de vídeo e áudio que funciona pela linha de comando (sem interface gráfica). Embora esta frase possa assustar alguns usuários, principalmente os iniciantes, o programa é bem rápido e fácil de usar. Neste tutorial, aprenda como gravar seu desktop e como convertê-lo para o formato livre .ogg usando o ffmpeg2theora [1].

Vejamos como é fácil:

Instalando o ffmpeg

1. Primeiramente, abra o terminal selecionando: Menu Aplicações → Acessórios → Terminal

2. Uma vez no terminal, use o comando abaixo para criar um diretório chamado “vídeos” dentro do seu diretório “home” ($HOME). Este passo é opcional e foi utilizado apenas por questões didáticas e de organização no computador.

$ mkdir videos

3. Em seguida, acesse o diretório recém criado:

$ cd videos

4. Agora dentro diretório ($HOME/videos), baixe o pacote fonte do ffmpeg com o seguinte comando:

$ wget http://un.sh.nu/screencasts/ffmpeg-0.4.9-p20051216.tar.bz2

5. Para extraí-lo, use o comando:

$ tar xjfv ffmpeg-0.4.9-p20051216.tar.bz2

6. Feito isso, acesse o diretório recém criado pelo comando anterior:

$ cd ffmpeg-0.4.9-p20051216

7. Agora baixe o “patch” para o ffmpeg com o comando:

$ wget http://un.sh.nu/screencasts/ffmpeg-0.4.9-p20051216.diff

8. O próximo passo é a aplicação do patch, use o comando:

$ patch -Np1 -i ffmpeg-0.4.9-p20051216.diff

9. Agora é necessário instalar os pacotes “build-essential” e “xlibs-dev”. O pacote “build-essential’ possui um compilador básico e outras ferramentas necessárias para compilação de pacotes e o “xlibs-dev” é uma dependência do ffmpeg. Para instalar os ambos os pacotes, use o comando:

$ sudo apt-get install build-essential xlibs-dev

10. Neste ponto, definimos alguns parâmetros antes de compilar o ffmpeg:

$ ./configure –extra-ldflags=-L/usr/X11R6/lib –enable-x11grab –enable-gpl

11. Por fim, executamos o comando make:

$ make

Pronto! Lembre-se de sempre executar o ffmpeg pelo caminho: ~/videos/ffmpeg-0.4.9-p20051216.

Instalando o ffmpe2theora

O ffmpeg2theora é um software desenvolvido paralelamente ao ffmpeg que permite a conversão de vários formatos de vídeo para o formato livre .ogg.theora.

1. Como o ffmpeg2theora está disponível no repositório Universe do Ubuntu, para instalá-lo apenas execute o comando:

$ sudo apt-get install ffmpeg2theora

Pronto!

Capturando áudio e vídeo com o ffmpeg

1. Para capturar vídeo e áudio, acessamos o diretório onde o ffmpeg foi intalado:

$ cd ~/videos/ffmpeg-0.4.9-p20051216

2. Em seguida, basta executar o comando:

$ ./ffmpeg -vcodec mpeg4 -b 1000 -r 10 -g 300 -vd x11:0,0 -s 1024×768 ~/arquivofinal.avi

Explicação de cada parâmetro:

-vcodec mpeg4 = Força o codec de vídeo para mpeg4.
-b 1000 = Fixa a taxa de bits (“bitrate”) do vídeo em 1000 kb/s.
-r 10 = Fixa a taxa de frames por segundo em 10 (fps).
-g 300 = Fixa o tamanho do Grupo de Imagens em 300 (GOP, do inglês, “group of pictures”).
-vd x11:0,0 = Marca o dispositivo (“device”) de captura de vídeo, neste caso, a captura da tela (x11) toda (offset x=0 e y=0).
-s 1024×768 = Fixa as dimensões do frame. O formato é Largura x Altura (“width x high”), neste caso, 1024×768.
~/arquivofinal.avi = arquivo resultante que será criado em seu $HOME.

Convertendo para o formato livre com o ffmpeg2theora

1. Para converter o vídeo gerado com o ffmpeg para o formato livre .ogg, use o comando:

$ ffmpeg2theora -o arquivofinal.ogg -v 2 -a 0 –optimize ~/arquiviorigem.avi

Explicação de cada parâmetro:

-o arquivofinal.ogg = Arquivo resultante (.ogg) que será criado em seu $HOME.
-v 2 = Fixa a qualidade de vídeo em 2.
-a 0 = Fixa a qualidade de áudio em 0.
~/arquiviorigem.avi = Arquivo de origem (.avi).

Fontes e artigos relacionados:

Para usufruir o máximo dos softwares, acesse os links abaixo:

[0] Site Oficial do ffmpeg (inglês)
[1] Site Oficial do ffmpeg2theora (inglês)
[2] Manual do ffmepg (português)
[3] Manual Oficial do ffmpeg (inglês)
[4] ScreenCast no Ubuntu
[5] Ubuntu Brasil Vídeos

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: